Desenroladas



Coluna mais recente

12 lugares imperdíveis em Lisboa (e adjacências)

IMG_1678

“Lisboa, velha cidade,
Cheia de encanto e beleza!
Sempre a sorrir tão formosa,
E no vestir sempre airosa.
O branco véu da saudade
Cobre o teu rosto linda princesa!”
Lisboa Antiga – Amália Rodrigues

Lisboa foi o destino das minhas férias este ano. Capital dos nossos irmãos portugueses, a cidade se mostrou acolhedora, charmosa e cheias de surpresas. Foram quase 10 dias passeando pelas estreitas ruas de Lisboa, buscando conhecer cada cantinho e ainda assim volto com o sentimento que ainda tenho muito a explorar. Mesmo parecendo pequenina para nossas proporções brasileiras (Lisboa tem cerca de 500.000 habitantes. Fortaleza tem quase 3 milhões, por exemplo), a cidade é muito rica em opções culturais que vão desde as tradicionais até as mais alternativas e moderninhas. Aqui vão algumas sugestões para quem vai dar uma passadinha por lá (e por algumas cidades bem próximas):

(more…)

DIY: Como reaproveitar potes de vidro

Quem curte (ou precisa) cozinhar tem noção do enorme desperdício de plástico, papel, ferro e vidro das embalagens. Além de separar o lixo orgânico do reciclável (e levar para postos de coleta), outra alternativa para diminuir o impacto ambiental é usar a criatividade e aprender a reaproveitar. Não só você vai dar um toque todo especial aos ambientes, como ainda irá economizar e prolongar a vida útil dos materiais.

Os potes de vidro são um exemplo de algo que nunca jogo no lixo. Compotas, molhos, temperos, iogurtes e muitos outros produtos são vendidos em embalagens que podem (e devem!) servir para outros fins.

Para tal, basta separar um frasco e deixá-lo submerso em água por algumas horas. Isso vai fazer com que os rótulos saiam com maior facilidade. Depois, é só lavar bem até que saia toda a cola do rótulo e pronto!

Veja algumas ideias para reaproveitar os potes de vidro:

Na decoração - suporte para vela; vaso para plantas; porta escova de dentes; porta-trecos.

_desenroladas-diy-reaproveitar-compota-pote-de-vidro-1

Cristais, conchas, enfeite de elefante e vela perfumada para um cantinho Zen

Na cozinha - guardar molhos caseiros, sementes, grãos, cereais, castanhas, frutas secas, sorvetes caseiros, folhas para chá e compotas.

_desenroladas-diy-reaproveitar-compota-pote-de-vidro-2

Chá da tarde com canela, goji berry e castanhas

Eu gosto, por exemplo, de usar os potes pequenos para separar previamente as quantidades diárias que devo consumir de determinado produto. Isso facilita bastante na correria do dia a dia.

E aí, curtiram as ideias? Quem fizer em casa, posta uma foto do resultado no Instagram e marca nosso perfil @desenroladas. Vamos adorar! :)

Na batida da moda: Entrevista com a cantora $hanel

Aportando no meio musical munida de referências fashion, a cantora $hanel bateu um papo exclusivo em São Paulo com a coluna Desenroladas.

_blog-desenroladas-entrevista-com-shanel-2

Ela avisa: “Não é salto alto que me faz mulher. Tô tirando onda de Nike no pé”. O trecho é da música “Cheguei Chegando” e quem manda o recado é a cantora $hanel (assim, com cifrão mesmo). Se na música, dá seus primeiros passos, na moda, já conhece bem o caminho que quer trilhar.

Além do nome inspirado num dos maiores ícones da história do vestuário, a estilista Coco Chanel, essa paulistana se destaca também pelas fortes referências que carrega da street wear e pelas muitas tatuagens.

Ex-blogueira de moda e beleza, $hanel bateu um papo exclusivo em São Paulo com a coluna Desenroladas durante o qual falou sobre suas influências fashion:

Desenroladas – A associação com a moda já começa no seu nome artístico. Fala um pouco sobre essa escolha.

$hanel – Na verdade foi um amigo que deu esse nome por conta do meu corte de cabelo, que é “chanel”. Na hora foi apenas uma brincadeira, mas depois vimos que a sonoridade tinha tudo a ver! A Chanel é completamente uma inspiração para mim. A Coco Chanel (Gabriele Bonheur Chanel) era cantora antes de se tornar estilista e um ícone mundial.

De que maneira a moda faz parte do seu dia a dia e do seu trabalho? E como a música influencia seu modo de vestir?

Gosto de ler e de me informar sempre sobre o que está acontecendo no meio da moda porque também trabalho com uma marca, que é do meu namorado. A música influencia no meu modo de vestir porque, sendo cantora, acabo tendo mais liberdade pra expor minha personalidade através das roupas.

_blog-desenroladas-entrevista-com-shanel-1

Adidas: ícone da street wear, a marca alemã é uma das favoritas da cantora

Antes da sua carreira na música, você tinha um blog de moda e beleza. Como era sua rotina com o blog e por que decidiu encerrá-lo?

Fazia vídeos e posts quando tinha algum assunto legal pra compartilhar com as leitoras! Não era um lance profissional, era pra mostrar maquiagens e roupas que eu mais usava e sobre meu modo de pensar e viver. Eu tinha um retorno muito grande com os posts sobre a minha visão da vida. Os leitores me mandavam e-mails agradecendo por eu mudar a vida deles com a minha história no blog, etc. Era muito gratificante! Depois de um tempo, foquei mais nesse assunto. Encerrei o blog quando comecei a cantar porque, agora, poderia passar minhas ideias nas músicas! Profissionalmente, me identifico mais com o lado musical.

Outra característica forte do seu visual são as tatuagens. Qual foi a sua primeira? E quais devem ser os próximos rabiscos?

A minha primeira tatuagem foi aos 17 anos, um símbolo do infinito no ombro direito! Confesso que, hoje, não gosto dela e é a única que eu quero cobrir. Atualmente meu xodó é a minha nova tatuagem: a deusa (egípcia) Ísis no braço direito. Ela foi feita no dia em que tirei as fotos pra essa entrevista (risos). Por enquanto não estou pensando em nenhuma outra tatuagem. A nova ainda está doendo (risos).

_blog-desenroladas-entrevista-com-shanel-4

Ainda falando sobre tattoos, até que ponto elas influenciam no seu modo de vestir?

Ah vou dizer que influencia sim. Tanto que não curto o inverno porque fico sem nenhuma tattoo aparente. Gosto mais de roupas que exibem a arte no meu corpo.

Qual peça de roupa você acha que seja a sua cara? Quais as marcas favoritas?

Eu estou viciada em cropped e calça de moletom. Recomendo e me sinto super confortável e estilosa assim! De marcas, gosto muito de Adidas, American Apparel, Topshop, Alternative Clothings, Supreme e também do estilista Jeremy Scott.

Os fãs já tem se inspirado no seu estilo? O que você tem visto na plateia de seus shows que fazem referência ao seu visual?

Sim! Gosto muito de ousar na maquiagem e nos looks. Uma vez usei batom azul para combinar com a roupa e logo em seguida vi várias meninas usando também e me marcando nas redes sociais. Assim como alguns dos meus cortes de cabelo e tatuagens acabaram influenciando alguns fãs! Fico muito feliz em ver a galera se permitindo, ousando, acreditando que pode ter estilo e não tendo medo!

E o que não tem nada a ver com você, o que não se vê usando jamais

Não gosto de roupa social e sapatilha. Não consigo me ver usando!

_blog-desenroladas-entrevista-com-shanel-5

Avessa ao salto alto, $hanel abusa dos tênis em qualquer estação

Sobre maquiagem e cabelo, o que você usa quando quer “causar” e o que não abre mão no dia a dia?

No dia a dia não abro mão da base, blush, rímel e do delineador. Sim, eu uso delineador quase todo dia (risos)! E quando quero causar, uso batons super vibrantes (amo!!!), glitter, delineador colorido e muito rímel! Como meu cabelo é curto e não tem muito o que fazer (de penteado), abuso do (efeito) lisão mesmo ou faço os cachos para diferenciar. E de acessório, uso os bonés!

_blog-desenroladas-entrevista-com-shanel-3

Boné e “cropped top” estão entre os itens essenciais do estilo de $hanel

Para finalizar: quem são seus ícones de estilo?

Rihanna, Madonna, Mia, Becky G e Rita Ora!

Ficou curioso para curtir o som da $hanel? Ouça o novo single “Cheguei Chegando”: