Desenroladas


Narrativas de mulheres fortes são destaque na Bienal Internacional do Livro do Ceará

Começa hoje a XII Bienal do Internacional do Livro do Ceará sob o tema “Cada pessoa, um livro; o mundo, a biblioteca”, em alusão a infinitas possibilidades: a diversidade de expressões, a multiplicidade de vozes; incontáveis itinerários narrativos a proporcionar conexões transculturais, encontros de mundos, diálogos no espaço presencial e virtual, fazendo uma grande homenagem ao acervo literário universal, à cultura e à identidade brasileira como patrimônio da humanidade.

O evento segue até o dia 23 de abril no Centro de Eventos do Ceará e, dentro dessa variedade de assuntos, um dos grandes focos é a programação comandada por mulheres fortes. Dentre as escritoras, destacam-se Paulina Chiziane (a primeira moçambicana a publicar um romance), Kiusam de Oliveira (escritora, bailarina e contadora de histórias que escreve livros infantis sobre cultura negra) e Conceição Evaristo (doutora em literatura comparada que só conseguiu terminar os estudos aos 25 anos, conciliando com o trabalho de empregada doméstica).

Diante de tantas histórias inspiradoras, fizemos um recorte da programação da Bienal com foco no trabalho dessas mulheres:

Domingo, 16
Programação Sala Moreira Campos – SALA 1 – MEZANINO 2
20h – Paulina Chiziane em diálogo com Ana Miranda: “Mundos femininos, palavras universais”. Mediação: Vânia Vasconcelos

Segunda, 17
Programação Sala Literatura e Circo – SALA 5/6 – MEZANINO 1
15h – Hora do Autor: Entre a Bruxa e o Dragão, com Verônica Oliveira conversando sobre Empoderamento Feminino Infantil – Soltura de Poesias

Programação Sala Francisca Clotilde – SALA 4 – MEZANINO 2
15h – Letra de Mulher, Novas Páginas – Entre labirintos e desmundos: a fantástica realidade literária. Convidadas: Marina Colasanti e Ana Miranda. Mediação Vania Vasconcelos
16h – Letra de Mulher, Novas Páginas – Palestra: Profa Maria Sárvia da Silva Martins falará sobre a homenageada. Debatedoras: Profa Vânia Vasconcelos e Mayara Albuquerque
18h – Letra de Mulher, Novas Páginas – Homenagem a Lygia Fagundes Telles: Performance com atrizes com textos da autora Atrizes: Antonia Alice Queiroz Bezerra e Priscila Kelly de Lima

Terça, 18
Programação Sala Francisca Clotilde – SALA 4 – MEZANINO 2
15h – Letra de Mulher, Novas Páginas – Áfricas e Mulheres: substantivos plurais. Convidadas: Paulina Chiziane e Tânia Lima. Mediação: Vânia Vasconcelos

Paulina Chiziane

18h – Letra de Mulher, Novas Páginas – Nenhum fogão, todas as estantes: mulheres e escrita afro-brasileira. Convidadas: Conceição Evaristo e Kiusam de Oliveira. Mediação de Vânia Vasconcelos

Conceição Evaristo

Quarta, 19
Programação Bienal Fora da Bienal – Unilab Redenção
10h – Relatos Encontro Oralidades & Escritas em Língua Portuguesa: Rosalina Tavares (Cabo Verde), Geraldo Amâncio (Brasil), Tony Tcheka (Guiné-Bissau), Carlos Subuhana (Moçambique) e Brígida da Silva (Timor Leste) Mediação: Manoel Casqueiro (Guiné-Bissau)
16h – Mulheres, Literatura e Resistência – Paulina Chiziane (Moçambique). Mediação: Luana Antunes (Brasil)

Programação Bienal fora da Bienal – Praça do Ferreira
10h – Tema: Minha casa é meu chapéu – dois dedos de prosa com quem mora na rua. Convidada: Kiusam de Oliveira

Kiusam de Oliveira

Quinta, 20
Programação Bienal fora da Bienal – Unilab Redenção
10h – Oficina Corporeidade Poética: Transcendendo o Corpo partindo da Ancestralidade Africana, com Kiusam de Oliveira (Brasil) – Pátio Campus Palmares

10h -Mesa Escritores Fundação Palmares – Editora Nandyala (Redenção) – Água de Barrela, de Eliane Alves dos Santos Cruz (Brasil) – Haussá 1815, de Júlio César Farias de Andrade (Brasil) – Sobre as vitórias que a história não conta, de André Luís Soares (Brasil) – Sina Traçada, de Maria Custódia Wolney de Oliveira (Brasil) – Sessenta e seis elos, de Luiz Eduardo de Carvalho (Brasil) – Adjoké e as palavras que atravessaram o mar, de Patrícia Matos (Brasil)
Mediação: Sueli Saraiva (Brasil)

Programação Sala Causos e Cantorias – SALA 3/4 – MEZANINO 1
13h – Kiusam de Oliveira – Histórias de princesas

Programação Sala Moreira Campos – SALA 1 – MEZANINO 2
20h – Conceição Evaristo em diálogo com Kiusam de Oliveira: Pessoas que transformam vida em palavras que dão vida

Sexta, 21
Programação Sala José de Alencar – SALA 2 – MEZANINO 2 .
15h – Encontro Oralidades & Escritas em Língua Portuguesa: AfroContação
– Kiusam de Oliveira (Brasil)
18h – Encontro Oralidades & Escritas em Língua Portuguesa: Apresentação do Grupo Pérolas do Índico – Dança Marrabenta (Moçambique)
Mulheres na Literatura: territorialidade e resistência – Conceição Evaristo (Brasil), Moema Augel (Brasil) e Rita Chaves (Brasil)

Domingo, 23
Programação Bienal Fora da Bienal – Do Mucuripe ao Poço da Draga
9h – Tema: Alegria é a prova dos nove: Pedalando com Frida Kahlo Convidada: Izabel Gurgel. Saindo da área dos barcos no Mucuripe, até o Pavilhão Atlântico no Poço da Draga

Programação Sala Literatura e Circo – SALA 5/6 – MEZANINO 1
15h – Hora do Autor – “Desmiolações” E “Criaturas“ (Livros da Palhaça Rubra)
16h – Hora do Espetáculo – Academia de Alta Tecnologia Humana, Palhaça Rubra

 

Veja a programação completa da XII Bienal Internacional do Livro do Ceará clicando aqui.