Desenroladas


Praia de Iracema é a nossa praia

Nascida e criada no litoral cearense, na capital, eu lembro bem de chegar em outras praias pelo país e pelo mundo e pensar: “como assim as pessoas levam suas coisas para a praia, ficam deitadas na areia e só isso? Que sem graça!”. Explico: a Praia do Futuro, em Fortaleza, é tomada por barracas que proporcionam uma estrutura de serviços de alimentação, cadeiras, mesas, guarda-sol, banheiros e outras até piscinas e ‘áreas de lazer’. Me acostumei com praia assim, em que chegávamos, comíamos e íamos embora. Muitas vezes, inclusive, sem nem ver o mar ou pisar na areia.

Acontece que a cidade voltou a reconhecer um outro cantinho como a sua praia, a Praia da Iracema/Beira Mar. Por anos considerada uma “não-praia” por uma ideia de que o mar era sujo ou qualquer outra razão, já tem um tempo que as areias e as águas daquelas bandas vem sendo tomadas por frequentadores assíduos e apaixonados. Enquanto um lado da cidade promoveu uma ideia elitista, com suas megaestruturas e com diversos registros de preconceito sofrido por clientes em barracas, além de uma proposta abusiva de que a praia é só para quem pode pagar, veio a P.I com a ideia democrática de que a praia, de fato, é de todos.

Não, o mar de lá não é sujo. E quem comprova é o boletim de balneabilidade da Semace que é sempre atualizado com os pontos da cidade em que o mar está próprio para banho. Além disso, é um ponto sem ondas, que proporciona um banho tranquilo e relaxante. A P.I me ganhou, fez com que mudasse minha ideia de diversão na praia e tem sido uma das melhores opções de despedida do fim de semana.

Reunimos, então, algumas apaixonadas pela P.I para nos contar: por que a Praia de Iracema é a sua praia?

Tay Marcelino

tay

“Eu nunca fui ‘garota de praia'” eu nunca vi muita graça em ir pra um lugar tomar sol e ficar grudada de maresia e como em Recife minha casa ficava bem longe eu nunca me esforcei muito pra ir. Quando cheguei em Fortaleza, achei muito estranha a ideia da Praia do Futuro aquela coisa privatizada, longe do mar, o estar na praia mas sem de fato estar na praia. Então, desde a reocupação da PI eu venho me apaixonando mais por ela, comecei indo com meu cachorro nas manhã de domingo (ele adora correr, entrar no mar e brincar com os pombos) já era nosso ritual do fim de semana. E esse ano descobri que praia não é só pegar sol, você pode chegar mais no fim da tarde, ver o pôr do sol, encontrar os amigos e falar de como o fim de semana foi ótimo ou se não foi a atmosfera que rola por lá já te dá sinais que a semana que está chegando vai ser melhor. PI é minha praia por que é encontro de amigos, é banho de mar ao pôr do sol, é estar em um lugar da cidade que já foi tão esquecido mas que tem uma mágica própria que te faz querer voltar na próxima semana e na próxima e a foto daquele céu sempre vai ter um astral diferente.”

Flavia Rodrigues

flavia

“Praia livre e democrática. A PI é ponto de encontro das pessoas que vivem a cidade, é mergulho tranquilo e tem pôr do sol arrebatador, com vista para a ponto. É a minha praia, onde estendo minha canga e é tudo lindo!”

Beatriz Gondim

bia

A Praia de Iracema é democrática, e foi isso que me encantou, primeiramente, há 7 anos  quando comecei a frequentar a PI. Isso me encantou mais que o mar calmo e delicioso pra tomar banho. Lá não tem barracas pra te cobrar pelo m² de areia, não tem ambulantes abusivos, me sinto segura, e melhor: me sinto livre pra ser quem eu quiser, Gosto de pensar que estou dividindo a praia com gente diferente, tem velho, tem jovem, tem rico, tem pobre, tem brasileiro, tem gringo, tem motorista, tem ciclista,.. tem de tudo! Hoje, das sensações preferidas que tenho é usar minha boia de poltrona e assistir o sol se pôr detrás da Ponte Metálica, dali de dentro mar faço parte da paisagem, vejo de perto os tons de laranja, rosa e roxo no céu, tocando o mar e em mim! É fantástico ter isso tão acessível! Está sendo fantástico também notar o quanto as pessoas estão frequentando a PI, antes as visitas eram mais solitárias, já hoje encontro muitos amigos em qualquer horário, o fim de tarde dos finais de semana se tornou uma festa!

Day Araújo

day

A Praia de Iracema é sair de casa ou do trabalho, pedalar e em cinco minutos pisar na areia. Seja pra apreciar as estrelas na maré enchendo enquanto namora, seja pra fazer exercícios funcionais enquanto assiste o dia amanhecendo, seja pra viver o pôr-do-sol e tomar uma cerveja, um banho de mar quentinho e encontrar pessoas queridas sem marcar ou conhecer novas pessoas, ver o veleiro brilhando lá no fundo e se sentir alegre, assistir às silhuetas da ponte e ter vontade de pular naquela imensidão. É o respiro da cidade no mar, é a arte dos encontros, das possibilidades livres. É voltar pra casa com o coração confortado. É sentir a cidade viva