Desenroladas


Segunda Sem Carne: 10 alimentos (sem origem animal) ricos em proteína

_desenroladas-alimentos-ricos-proteína-alimentação-vegetariana-2

Você já conhece a campanha “Segunda Sem Carne”? Ela existe em 35 países e chegou ao Brasil em 2009, numa parceria da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA) da prefeitura de São Paulo. Rapidamente, o movimento ganhou adeptos em todo o país e um site dedicado à iniciativa.

Com apoio de grandes organizações como o Greenpeace e de vegetarianos célebres como Sir. Paul MacCartney e sua filha, Stella MacCartney, a campanha Segunda Sem Carne se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal para alimentação tem sobre os animais, a sociedade, a saúde humana e o planeta, convidando-as a tirá-los do prato pelo menos uma vez por semana e a descobrir novos sabores.

Sou vegetariana há 10 anos e uma das maiores dificuldades que encontrei no início foi como “substituir” a proteína animal por uma opção vegetariana, sem que haja perda de nutrientes no organismo. Pesquisei bastante e o jeito foi aprender a preparar minhas refeições, já que ainda existem pouquíssimas opções vegetarianas em restaurantes de Fortaleza. Além de me importar mais com minha alimentação/saúde, acabei descobrindo um hobby que amo: cozinhar!

Como esta não é a minha especialidade profissional, fica o aviso: antes de decidirem realizar uma mudança maior na alimentação (como abraçar o vegetarianismo), consultem um nutricionista! 😉

Aí vai uma listinha com 10 alimentos sem origem animal que são ricos em proteína, seja para vegetarianos ou para quem quer começar a participar da #SegundaSemCarne.

_desenroladas-alimentos-ricos-proteína-alimentação-vegetariana

Além das amendôas, outras castanhas também são ricas em proteínas.  Na família das leguminosas, além da lentilha, complementam a lista: grã-de-bico, feijão, favas, ervilhas, soja, etc.

PS.: A ordem não está por valor proteico, ok?