Desenroladas


DFB 2017 | Streetstyle: Odisseia no espaço

“Ground control do major Tom…”

O ano era 1969 e o mundo estava em êxtase com a chegada de um ser humano à Lua. O fato inspirou David Bowie a criar o hino “Space Oddity” – cujo título remete ao filme de ficção “2001 – Uma odisseia no espaço” (1968). O músico apresentava a canção com performances impactantes, marcada por figurinos sempre geniais que incluíam símbolos circulares (como os astros e planetas) em sua maquiagem, tecidos metalizados e saltos altíssimos.

Assim como outras produções da década de 1960 que marcaram a cultura pop (Oi, Jetsons!) e como o trabalho de grandes estilistas (como o visionário Courrèges), o visual de Bowie traduzia a visão da época sobre o futuro. Ironicamente, nos anos 2000 uma das grandes tendências é revisitar os estilos do passado – exercício que nunca foi tão presente ao longo da história da moda. Parece que o jovo virou, não é mesmo?

Forte na última temporada internacional de desfiles, também percebemos a tendência “universo” de diversas formas no streetstyle durante o DFB Festival 2017. Galáxias, nebulosas, ETs, ovnis e até a logo da Nasa (National Aeronautics and Space Administration) viraram febre em estampas que vão da abordagem conceitual até as mais divertidas.

Bowie nos deixou há um ano. Pouco depois, essa tendência emergiu novamente. Coincidência? Claro que não. Sua matéria se foi, mas seu legado artístico segue impactando a moda e nos fazendo sonhar com as estrelas. Valeu, Ziggy Stardust!

Para se inspirar ainda mais com essa trend: