Desenroladas


Beleza livre de crueldade: conheça marcas que amamos e não testam em animais

Feche os olhos e lembre do cheiro da sua infância. Pense não só no aroma dos ambientes, comidinhas e pessoas que marcam a sua memória, mas no perfume que passavam em você. Consegue identificar a marca? Se você faz parte da geração millennial, é muito provável que sua lembrança remeta à Lavanda Johnson’s Baby. Pela memória afetiva relacionada ao produto, continuei usando-o eventualmente até meus 18 anos, quando soube de um fato que mudaria pra sempre minha relação não só com a Johnson & Johnson, mas com toda a indústria dos cosméticos: a empresa realiza testes em animais. A informação constava (e ainda consta) numa lista da PETA (People For The Ethical Treatment Of Animals), organização sem fins lucrativos que possui o programa Beauty Without Bunnies (“Beleza sem Coelhos” – em referência aos animais mais usados nos testes desse mercado).

De lá pra cá, muitos anos passaram e a Johnson & Johnson, assim como muitas outras organizações, permanece com esta prática cruel. Por outro lado, é crescente a quantidade de marcas que estão deixando de fazer testes em animais (como a brasileira Natura já não faz há muito tempo) e também de empresas que já nascem sob a filosofia “cruelty free” (como a inglesa Lush).

O objetivo do programa Beauty Without Bunnies é fiscalizar e divulgar à população mundial as empresas que realizam e as que não realizam este tipo de teste, alertando para a falta de necessidade da crueldade animal para a criação de produtos de qualidade e que atendem às necessidades dos clientes.

Algumas marcas que testam em animais:

(more…)

Florescência: fotógrafa e ilustradora cearenses se unem em projeto sobre a beleza da diversidade

_flor-camilla-albano-amanda-roosevelt-arte-mulher-fotografia-natureza-1

Somos únicos, porém iguais. A beleza da diversidade é o mote que inspirou a fotógrafa Camilla Albano e a ilustradora e tatuadora Amanda Roosevelt a criarem o “Florescência”. Amigas de longa data, a dupla compartilha muitas afinidades e o olhar sensível sobre a natureza e o corpo é uma delas. Confira nosso bate-papo sobre o projeto e saiba mais sobre essa união criativa que é pura sororidade.

_flor-camilla-albano-amanda-roosevelt-arte-mulher-fotografia-natureza-4

1. Como surgiu a ideia de unir forças e fazer este projeto?

De uma vontade da gente unir nossa arte e ao mesmo tempo fortalecer a autoestima das pessoas e eternizar o florescer dos corpos, mostrando diversidade. Até agora aconteceram apenas três ensaios, com amigas nossas. Mas a meta é que a gente consiga encontrar homens e mulheres que topem participar com diferentes tipos de corpos, para enaltecer essa linda diversidade e fotografar sem estereótipos de padrões que a sociedade impõe. Estamos à procura dessas pessoas e elas podem entrar em contato comentando em nossos perfis no Instagram: @amandaroosevelt & @camilla_albano

(more…)

Black power: 11 perfis no Instagram que celebram a beleza da mulher negra

10835085_719588661489426_3693542934184120216_o

Chega mais e puxa a cadeira que a gente vai falar de muita coisa linda agora. E quando falo “linda”, não falo só de estética, mas daqueles movimentos da vida que nos encantam, inspiram e fazem a gente restaurar a fé na humanidade.

Pois é gente, nem tudo está perdido! Mesmo sendo minoria, tem um monte de gente bacana ao redor do mundo que ocupa seu tempo levantando bandeiras, lutando por causas dignas e plantando esperança pelo caminho. Um exemplo? O coletivo “Em Alto e Bom Tom“, de São Paulo, que apesar do pouco tempo de criação já gerou muito barulho positivo por aqui. Criado por um grupo de meninas paulistanas, o EAEBT tem como objetivo a conscientização e valorização da beleza da mulher negra. Conheci esse trabalho através da Mari Miguel Avelino (a diva da foto acima), uma amiga querida que é assistente social e co-fundadora do coletivo.

Em homenagem à ela e todas que lutam pela visibilidade e pelo empoderamento da mulher negra, listei aqui alguns perfis no Instagram que são pura inspiração!

1. @afropunk

afro-1

2. @magavilhas

afro-3

3. @projecttribe

afro-5

4. @urbanbushbabes

afro-6

5. @_blackstage_

afro-4

6. @mequetrefismos

afro-11

7. @tamilispeixoto

afro-2

8. @artnewsafrica

afro-7

9. @turbanistaparis

afro-8

10. @larisis

afro-9

11. @eaebtom

afro-10

 

Não falei que o assunto desse post era uma lindeza só? 🙂